Bem, quem me conhece ou já viu uma palestra minha está cansado de ouvir essa história, rs*. Quando eu comecei a estudar na área de T.I., era tudo muito difícil: não existia site de busca, não existiam livros em PDF, pra falar verdade nem conexão tinha porque navegar a 14.400 não é privilégio pra ninguém.

              E eu ficava pensando…..rapaz……um dia esse negócio de internet vai acabar, sabe por que ? Porque todo dia eu consulto e consumo informações de fóruns, sites especializados e eu NUNCA retribuo com nada. Outras vezes encontrava fragmentos de informação e dali em diante ajustava á minha necessidade e resolvia o problema, mas a coisa ficava por ali mesmo.

               Resolvi fazer um site, e no início não tive pudor: uma vez por semana escrevia um procedimento ou solução de um problema que havia concluído durante a semana de trabalho. Manter um site é realmente um desafio, requer disciplina, foco e ter um conteúdo interessante para o público. Hááá, vibrei demais com o acesso de número 100 e depois com o de número 1.000 e…….

Os meses foram passando, e vi no site de Fábio Hara um convite para uma disputa apoiada no  System Center Influencers Program. Fiz um prévio cadastro e para minha surpresa fui selecionado, pra mim já era uma hiper conquista, estava super empolgado. A competição se baseava em enviar um artigo por mês utilizando a família System Center e um assunto previamente escolhido pela equipe/time de produto. Falando em System Center no Brasil pensamos logo em Cleber Marques. Entrei em contato com ele para saber se ele ia participar etc etc. Fomos criando contato e eu fui desenvolvendo o gosto por BLOGAR.

Resumindo a história do System Center Influencers Program, vários influenciadores no mundo contribuíram e ao longo dos 5 meses foi finalista em 2 meses, e uma dessas seleções dividi com muita honra o destaque com Marcelo Sincic, fazendo assim uma dobradinha brasileira. Não preciso nem comentar a alegria de cada vitória, cada e-mail trocado, é fantástico.

Ao longo desta competição a visibilidade foi aumentando, e os acessos ao site foram aumentando cada vez mais, alguns e-mails e sempre um ou outro entrando em contato de algum lugar do mundo para comentar/elogiar ou desenvolver um diálogo técnico logo em seguida. Isso contribui muito para o crescimento.

Outro ponto que foi marco neste processo foi a ida ao TechED 2010. Fiz alguns contatos tímidos, e conheci pessoalmente Cleber Marques que sem sombra de dúvida me deu uma injeção de ânimo incrível e comecei a me dedicar ainda mais.

Na sessão  ASK THE EXPERTS fiquei rodeando Fábio Hara até puxar em papo assim meio tímido, e tentar fazer com que ele lembra-se de mim, disse: E aí Hara tudo bem ? Sou eu que enviei aqueles vídeos para fazer dar um feedback etc etc…daí a conversa desenrolou, rs*. E ele me fez um desafio: Por que você não faz uma série de vídeos que se encaixem, dando uma noção de começo/ meio/ fim, faz a série de alguma coisa que você acha que possa ser útil para ajudar as pessoas. Também nesta mesma sessão ASK THE EXPERTS tive um enorme prazer de sentar-se à mesa com Cleber Marques e Helio Panissa (MCP Brasil) e pude ouvir muito do que eles têm a dizer sobre System Center, foi ótimo.

Vim pensando e…..CLARO….Vou fazer uma série de Migração de Domínio 2003 para 2008 R2, claro. Resumo da história, a série foi publicada no Centro de Treinamento: Migração para Windows Server 2008 R2.

A coisa foi tomando mais volume, e novas séries foram sempre implementadas no meu site, no Canal do Youtube e um outro fator que me motivou bastante foi o Technet Wiki que em uma competição realizada por Yuri Diogenes no lançamento de seu livro e na última semana da competição tivemos 4 Brasileiros entre os TOP 5 Contribuidores da semana, sendo um total de nada menos que  227 artigos em apenas uma semana os Brasileiros fazem bonito no Wiki. Nesta etapa fiz grandes contatos e amizade com Erick Albuquerque (@_ealbuquerque), Alberto oliveira (@_AlbertoOliveir), Luciano Lima (@LucianoLima_MVP), Wiki Ninjas (@WikiNinjas), Wiki Ninjas Brasil (@WikiNinjas_BR), Leandro Carvalho (@LeandroEduardo). Um abraço especial para Tiago Souza que em um dos desafios relembrou o pessoal que eu era brasileiro, rs*, pessoal deve ter achado que eu era italiano ? Só espero que isso não seja problema para tirar o meu passaporte e visto para o MVP Summit 2012, PELO AMOR DE DEUS….!!!!

Agradecer também a atenção e motivação dada por Daniel Donda (@DanielDonda), velhão, quem sabe um dia não sai um livro né ? Enquanto isso vamos de vídeos mesmo, rs*.

Outra pessoa que não posso me esquecer jamais é Gilson Banin (@GilsonBanin) que me deu muita ajuda juntamente com Fabio Hara (@fabiohara) que me auxiliaram neste processo em refinar as técnicas utilizadas nos VideoCasts e tudo o que envolvia os detalhes de apresentação etc etc, sou realmente muito muito grato por cada detalhe, acho que consegui aprender e corresponder ás expectativas.

Bem semana passada tive a imensa surpresa: o reconhecimento do MVP.

Não posso deixar de agradecer o companheirismo, inspiração e atenção educação e paciência de todos que participaram desta jornada comigo. Gostaria de agradecer a algumas pessoas que estão muito próximas de mim e que para eles esta conquista não foi surpresa nenhuma, muito obrigado mesmo de coração por participarem desta etapa da minha vida:

Jones Emerson (@Jonesemerson) e Exson Machado (@exsonmachado) por fazerem nossa equipe uma equipe campeã e por nos dar liberdade, apoio e força para conquistarmos nossos projetos em paralelo e nos ajudar no processo de realização pessoal e profissional.

                Meus amigos Jadson Fábio, Rafael Oliveira que sempre me motivaram e me deram o feedback verdadeiro o qual confio e tenho certeza que vibram com cada conquista minha. Obrigado também a todos os meus alunos de Pós Graduação, Graduação, Treinamentos e Eventos, vocês são minha grande motivação para continuar.

Bem pessoal, agora é elevar o nível das apresentações, elevar o nível das contribuições e só tenho a dizer que muito mais que estar por vir, obrigado e grande abraço. Pra finalizar deixa eu contar uma coisa dos bastidores, minha mulher me colocou o apelido de Gerson (aquele da novela que não saia do computador), o resto da história vocês já imaginam, rs*.

Abração, e ajudar alguém é muito mais muito recompensador. Vale a pena…!!!! É um vício….!!!!!

Jordano Mazzoni

 

About these ads